terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Dica do dia: Fazendo o acompanhamento da sua Evolução Pessoal

É sempre bom de alguma forma registrarmos periodicamente nossa evolução na dieta. Eu preencho uma planilha uma vez por semana toda segunda-feira para saber como estão os meus esforços.
Isso não pode ser um trauma, se a balança não se mexeu ou subiu devemos levar em consideração vários fatores como alterações hormonais (menstruação por exemplo), processo de troca de massa gorda por massa magra, horário da pesagem (lembre-se que em geral as pessoas estão mais inchadas a noite principalmente no calor) e por fim, e não menos importante, como anda sua dieta e sua atividade física.
Se por duas ou três semanas seguidas nada alterar é sinal de que é hora de rever sua dieta, talvez escolher outra, modificar a atividade física, inverter a ordem das seqüências ou tentar coisas novas. Não entre em desespero, aprender a pensar e ser como gente magra dá trabalho! É um conceito completamente novo para todo o ser! É como aprender um novo jeito de andar, um novo idioma, novas regras, leva tempo, tropeçamos aqui, ali mas seguindo em frente certamente alcançaremos a perfeição!

Segue meu gráfico como exemplo até a 6a Semana de Dieta, RA e Terapia Cognitiva. Note que eu optei, como já disse no post sobre medidores, em fazer um acompanhamento paralelo ao do peso medindo periodicamente minha circunferência de cintura e baixo ventre (na altura do umbigo).


05/11/12 12/11/12 19/11/12 26/11/12 03/12/12 10/12/12
Peso (Kg) 80 79 76 76 75,2 73
Cintura (cm) 88 86 83 81 80 80
Baixo Ventre (cm) 101 99 98 95 94 92



Se você não tiver aptidão com o computador das duas uma, é uma ótima oportunidade para aprender algo novo e desafiar seu intelecto (o que faz muito bem à saúde também) ou fazer no papel mesmo, não há nada de errado em traçar as linhas e números do seu acompanhamento na boa e velha folha de papel, só não deixe de fazê-lo ok?
Beijos e coragem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário